Preencha os campos abaixo para submeter seu pedido de música:

Fale conosco via Whatsapp: +55 81 993472621

As medidas seguirão em vigor até 5 de julho. Não são tão duras quanto as que vigoraram no Recife no fim de maio, mas empregam uma restrição mais rígida a circulação de pessoas, com o fechamento do comércio atacadista, permissão da construção civil operando com 50% de sua capacidade, funcionamento de restaurantes através do delivery. No caso de Caruaru, as feiras livres do fim de semana continuará em funcionamento, mas a prefeitura orienta que “sejam respeitadas todas as recomendações de saúde, tais como: manter a distância de pelo menos um metro e meio entre as pessoas, higienizar sempre as mãos, evitar aglomerações e que sejam objetivos nas compras, passando apenas o tempo necessário”. O delivery da Feira da Sulanca também seguirá em operação normalmente, no estacionamento do Polo Caruaru às segundas-feiras, das 5h às 17h. Em Bezerros, as feiras livres só poderão comercializar frutas, verduras e alimentos. A feira do centro da cidade opera nas sextas e nos sábados. Já nos domingos, apenas a feira de Santo Antônio funcionará. A venda de produtos não essenciais, como roupas e artesanatos está vetada. Serviços essenciais serão mantidos e o que já estava fechado – como shoppings, comércio não essencial, salões de beleza, academias e mototáxis, por exemplo – permanecerá suspenso. No entanto, não serão adotados o rodízio de veículos e o uso de declaração para sair às ruas. As barreiras sanitárias instaladas nesses municípios não irão proibir a entrada de pessoas de outras cidades, mas o secretário desaconselha a ida de moradores de outras áreas para esses municípios. “Haverá forte vigilância da Secretaria de Defesa Social, com presença mais massiva da Polícia Militar fazendo fiscalização, junto com as prefeituras e o Procon, para que não tenha funcionamento de comércio irregular. O poder público irá agir, se for necessário, em caso de descumprimento. Se tiver que sair de casa para fazer uma atividade essencial, use máscara. Aqui (em Caruaru) vi muito desrespeito a essa orientação”, apontou André Longo. “Caruaru paga o preço de ser a principal cidade da região. É o centro das atenções. Então, precisamos de uma colaboração forte. Uma união da sociedade, da prefeitura, do governo, mas principalmente compreensão da população. É momento de sacrifício para que a gente possa, depois, usufruir da retomada das atividades dentro do novo padrão de normalidade possível”, discorreu. Caruaru (foto) e Bezerros terão quarentena rígida até 5 de julho. Medida pode ser estendida a outras cidades do Agreste. (Foto: Ricardo Fernandes/Arquivo DP.) Caruaru (foto) e Bezerros terão quarentena rígida até 5 de julho. Medida pode ser estendida a outras cidades do Agreste. (Foto: Ricardo Fernandes/Arquivo DP.) Visita André visitou, nesta quinta, o hospital de campanha montado em um anexo do Hospital Mestre Vitalino, em Caruaru. O local está em operação desde 12 de junho e conta com 56 leitos de UTIs. Além dele, há 18 leitos de UTI reservados no Hospital Regional do Agreste. “São 74 leitos à disposição da população, mas isso só não basta. Precisamos evitar que o doente grave chegue ao hospital, porque quando ele chega, já está com um risco de mortalidade muito alto”, disse. O secretário lamentou a baixa taxa de isolamento domiciliar detectada nas duas cidades. De acordo com a aferição feita nessa quarta (24) pelo Ministério Público de Pernambuco (MPPE), o índice em Caruaru é de 47,9% e em Bezerros 41,1%. “Mesmo com o comércio fechado. O número é baixo, não deveria estar assim. Recife tem shopping funcionando e não está desse jeito. As pessoas precisam tomar consciência para levarmos esse índice a uma porcentagem maior que 60%”, avaliou. “Não estamos tirando o direito de ir e vir das pessoas, mas é preciso consciência. Vamos estar atentos para avaliar como fica o isolamento social em Caruaru e Bezerros. Poderemos adotar outras medidas, inclusive para outros municípios (próximos). É preciso entender que o problema é do Agreste inteiro”, concluiu.

De acordo com a Agência Pernambucana de Águas e Climas (Apac), a previsão para esta sexta-feira (16) é de tempo parcialmente nublado, com pancadas de chuva de forma isolada no período da madrugada e primeiras horas da manhã em toda Região Metropolitana com intensidade fraca.

Nas matas Norte e Sul, o tempo é parcialmente nublado, com pancadas de chuva de forma isolada no período da madrugada e nas primeiras horas da manhã. A intensidade é fraca.

No Agreste, a previsão é de tempo parcialmente nublado, com chuva rápida de forma isolada no período da madrugada e nas primeiras horas da manhã com intensidade fraca.

No Sertão, o tempo é parcialmente nublado e sem chuva em toda região ao longo do dia.

Deixe seu comentário:

Menu

Texto

Por isso não tema, pois estou com você;
não tenha medo, pois sou o seu Deus.
Eu o fortalecerei e o ajudarei;
eu o segurarei
com a minha mão direita vitoriosa.
Isaías 41:10