Preencha os campos abaixo para submeter seu pedido de música:

Fale conosco via Whatsapp: +55 81 993472621

‘Caruaru e Bezerros tiveram mais casos que o Sertão inteiro’, diz secretário de Saúde; veja como será quarentena

A partir desta sexta-feira (26), começa a vigorar a quarentena mais rígida em Caruaru e Bezerros, ambas no Agreste de Pernambuco. O aumento das restrições se pela necessidade de conter o crescimento de casos do novo coronavírus tanto nessas cidades quanto na região, como um todo. Em conversa com a imprensa, na manhã desta quinta (25), o secretário estadual de Saúde, André Longo, contou que surgiram mais casos de Síndrome Respiratória Aguda Grave (Srag) em Caruaru do que em todo o Sertão semana passada. O gestor também não descarta endurecimento maior das medidas e que municípios próximos também tenham que adotar essa quarentena.

“Para se ter uma ideia, Caruaru sozinha, na última semana, foi responsável por um número maior de casos de Srag do que o Sertão todinho. A cidade só tem 400 mil habitantes e o Sertão inteiro 1,8 milhão. Caruaru e Bezerros foram responsáveis por 71% do aumento do número de casos de uma semana para a outra. Por isso que focamos nesses municípios”, disse André Longo. O Agreste inteiro pulou de 267 para 358 casos de Srag; Caruaru, de 97 para 152 casos; e Bezerros, de 27 para 37 casos.

As medidas seguirão em vigor até 5 de julho. Não são tão duras quanto as que vigoraram no Recife no fim de maio, mas empregam uma restrição mais rígida a circulação de pessoas, com o fechamento do comércio atacadista, permissão da construção civil operando com 50% de sua capacidade, funcionamento de restaurantes através do delivery.
No caso de Caruaru, as feiras livres do fim de semana continuará em funcionamento, mas a prefeitura orienta que “sejam respeitadas todas as recomendações de saúde, tais como: manter a distância de pelo menos um metro e meio entre as pessoas, higienizar sempre as mãos, evitar aglomerações e que sejam objetivos nas compras, passando apenas o tempo necessário”. O delivery da Feira da Sulanca também seguirá em operação normalmente, no estacionamento do Polo Caruaru às segundas-feiras, das 5h às 17h.
Em Bezerros, as feiras livres só poderão comercializar frutas, verduras e alimentos. A feira do centro da cidade opera nas sextas e nos sábados. Já nos domingos, apenas a feira de Santo Antônio funcionará. A venda de produtos não essenciais, como roupas e artesanatos está vetada.
Serviços essenciais serão mantidos e o que já estava fechado – como shoppings, comércio não essencial, salões de beleza, academias e mototáxis, por exemplo – permanecerá suspenso. No entanto, não serão adotados o rodízio de veículos e o uso de declaração para sair às ruas. As barreiras sanitárias instaladas nesses municípios não irão proibir a entrada de pessoas de outras cidades, mas o secretário desaconselha a ida de moradores de outras áreas para esses municípios.
“Haverá forte vigilância da Secretaria de Defesa Social, com presença mais massiva da Polícia Militar fazendo fiscalização, junto com as prefeituras e o Procon, para que não tenha funcionamento de comércio irregular. O poder público irá agir, se for necessário, em caso de descumprimento. Se tiver que sair de casa para fazer uma atividade essencial, use máscara. Aqui (em Caruaru) vi muito desrespeito a essa orientação”, apontou André Longo.
“Caruaru paga o preço de ser a principal cidade da região. É o centro das atenções. Então, precisamos de uma colaboração forte. Uma união da sociedade, da prefeitura, do governo, mas principalmente compreensão da população. É momento de sacrifício para que a gente possa, depois, usufruir da retomada das atividades dentro do novo padrão de normalidade possível”, discorreu.
Caruaru (foto) e Bezerros terão quarentena rígida até 5 de julho. Medida pode ser estendida a outras cidades do Agreste. (Foto: Ricardo Fernandes/Arquivo DP.)
Caruaru (foto) e Bezerros terão quarentena rígida até 5 de julho. Medida pode ser estendida a outras cidades do Agreste. (Foto: Ricardo Fernandes/Arquivo DP.)
Visita
André visitou, nesta quinta, o hospital de campanha montado em um anexo do Hospital Mestre Vitalino, em Caruaru. O local está em operação desde 12 de junho e conta com 56 leitos de UTIs. Além dele, há 18 leitos de UTI reservados no Hospital Regional do Agreste. “São 74 leitos à disposição da população, mas isso só não basta. Precisamos evitar que o doente grave chegue ao hospital, porque quando ele chega, já está com um risco de mortalidade muito alto”, disse.
O secretário lamentou a baixa taxa de isolamento domiciliar detectada nas duas cidades. De acordo com a aferição feita nessa quarta (24) pelo Ministério Público de Pernambuco (MPPE), o índice em Caruaru é de 47,9% e em Bezerros 41,1%. “Mesmo com o comércio fechado. O número é baixo, não deveria estar assim. Recife tem shopping funcionando e não está desse jeito. As pessoas precisam tomar consciência para levarmos esse índice a uma porcentagem maior que 60%”, avaliou.
“Não estamos tirando o direito de ir e vir das pessoas, mas é preciso consciência. Vamos estar atentos para avaliar como fica o isolamento social em Caruaru e Bezerros. Poderemos adotar outras medidas, inclusive para outros municípios (próximos). É preciso entender que o problema é do Agreste inteiro”, concluiu.

Deixe seu comentário:

Menu

Texto

Por isso não tema, pois estou com você;
não tenha medo, pois sou o seu Deus.
Eu o fortalecerei e o ajudarei;
eu o segurarei
com a minha mão direita vitoriosa.
Isaías 41:10